aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Pé frio? Mesmo com apoio de Wellington, Neto Evangelista tem dificuldades de empolgar o eleitor

Postura ‘prepotente e arrogante’ impede que candidato democrata conquiste eleitor.

A menos de trinta dias da eleição, a campanha de Neto Evangelista (DEM) ainda não dá mostras de que poderá deslanchar. Não bastasse seu fraco desempenho nas pesquisas de opinião, a candidatura democrata não empolga nem mesmo aliados.

Apesar da declaração de apoio que recebeu do deputado Wellington do Curso, que foi sacado da disputa pelo PSDB na terceira colocação, ao que tudo indica, a expectativa de crescimento na disputa em São Luís pode não acontecer apesar de contar também com maior tempo de propaganda no rádio e na tv.

Mas por qual motivo Evangelista não consegue empolgar? A postura ‘prepotente e arrogante’ pode ser a reposta, já que seu perfil impede que candidato democrata conquiste eleitor.

Dois fatos recentes – entre os diversos registrados nessa campanha – podem comprovar isso: um envolvendo o candidato a vereador pelo PSL Cueca Martins que se manifestou em vídeo contestando o não comparecimento de Neto Evangelista ao lançamento de sua candidatura a vereador e a nota da Igreja Batista Novo Alvorecer, que acusa o candidato do DEM de ter invadido o estacionamento da igreja no bairro São Bernardo, sem o consentimento de ninguém.

No primeiro caso, Neto teria confirmado presença no ato politico do candidato a vereador, mas não deu qualquer justificativa pela ausência. “Se eu tivesse dinheiro, Neto estaria aqui”, disse Martins, em vídeo.

Quem também demonstrou indignação com o prefeitável do DEM foi outro candidato a vereador pelo PSL. Da mesma coligação de Neto Evangelista, Eduardo Andrade comenta em vídeo, em sua conta no Instagram, que foi a uma produtora contratada por Evangelista para fazer filmagem de campanha, mas foi impedido por não aceitar declarar apoio ao deputado.

“Vim aqui, cancelei agenda pra vim fazer minha filmagem, e disse que tinha que ter o apoio para ele. Opressão! Você está oprimindo um candidato a vereador pra lhe apoiar mesmo sem a vontade. Então, meu amigo, eu vou fazer meu vídeo, que, graças a Deus, eu tenho apoiadores que vão fazer essa doação. Não preciso de você, entendeu?”, disse se dirigindo a Evangelista.

Outra situação que tem repercutido é a aliança com o deputado e ex-pré-candidato à Prefeitura de São Luís, Wellington do Curso (PSDB), após os dois terem se agredido verbalmente na Assembleia Legislativa. Na ocasião, Neto disse que não o respeitava nem como gente. Além disso, estranhamente, mesmo defendendo eleições limpas, permitiu que Wellington utilizasse o seu horário eleitoral para agredir um outro candidato, no caso Eduardo Braide do Podemos.

O curioso é que a campanha de Neto concedeu espaço para Wellignton fazer esse papel covarde, mas nunca sequer citou que Neto possui o apoio da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), que possui um espólio eleitoral infinitamente superior ao de Wellignton.

De todos os fatos, o que mais repercutiu foi o da Igreja Batista Novo Alvorecer. Em nota, a agremiação narra o episódio que teria ocorrido na última sexta-feira (16). De acordo com o comunicado, Neto e sua comitiva teriam, sem autorização e qualquer contato prévio, ocupado o espaço para realizar comício no mesmo horário em que o templo religioso promovia um evento.

“A Igreja Batista Novo Alvorecer vem publicamente emitir nota de repúdio pela atitude irresponsável do candidato a prefeito Neto Evangelista”, diz um trecho da nota.

“Assim declaramos nosso veemente repúdio à atitude e desrespeito do candidato Neto 25 e sua comitiva. E que já estamos tomando todas as medidas legais juntos ao TRE para denunciar tal abuso”, conclui.

ARRUMA A MALA!
A dificuldade de Neto Evangelista em empolgar o eleitor pode marcar a queda da dinastia pedetista nestas eleições. A situação lembra do jingle “arruma a mala, arruma a mala, arruma a mala”, que marcou a campanha para o Governo do Maranhão, em 2006, quando o saudoso e histórico Jackson Lago(PDT) derrotou Roseana Sarney nas urnas. Na época, em todos os cantos do Estado, o jingle brilhantemente criado pelos pedetistas era cantado.

O tempo passou e, hoje, pelo andar da carruagem, esse mesmo jingle poderá ser usado para quem o criou, ou seja, o grupo que há mais de três décadas comanda o Palácio de La Ravardiere, sede da prefeitura de São Luís. Na corrida sucessória de 2020, o PDT anunciou apoio ao deputado Neto Evangelista(DEM), no entanto, não está nada fácil a consolidação do nome do candidato do DEMO.

A cada dia que passa, o índice de rejeição a Neto fica mais evidente. Muitas manobras já foram feitas pelo seu principal padrinho político, o senador Weverton Rocha(PDT), que vem perdendo o sono só em pensar na possibilidade de ruir seu projeto de poder rumo ao Governo do Estado em 2022, porém, as adversidades não param de surgir.

Evidenciando total desespero, mesmo sendo oposição ao presidente Jair Bolsonaro, que foi eleito pelo Partido Social Liberal – PSL – saiu e agora já pensa em regressar, adepto daquela premissa que os fins justificam os meios, o senador fez malabarismo para conseguir o apoio da sigla, que é de extrema direita, e que já estava prestes a declarar apoio ao também pré-candidato a prefeito dos Republicanos – deputado estadual Duarte Junior.

Ainda com vistas à manutenção do comando da prefeitura, o todo poderoso senador avançou em direção ao Movimento Democrático Brasileiro – MDB, partido ligado ao clã dos Sarney, adversários históricos do senador, contudo, assim como o PSL, o partido sarneysista também abraçou Neto, mas os efeitos dos apoios não estão sendo computados na prática .

Deixe uma resposta

aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz