Wellington discute sobre a situação da saúde pública em São Luís

Durante toda a manhã desta sexta-feira (22), o deputado estadual Wellington do Curso (PP) discutiu sobre a situação da saúde pública em São Luís, capital do Maranhão. A audiência pública, que foi solicitada pelo vereador Marcial Lima (PEN), aconteceu na Câmara Municipal e contou com a presença do Secretário Municipal de Saúde, Lula Filho; da promotora de justiça em defesa da saúde, Dra. Glória Matra; do promotor da justiça em defesa do Idoso, Dr.Augusto Cutrim; da presidente do Conselho Regional de Farmácia, Maria José; além de vários vereadores.

Ao fazer uso da palavra, o deputado Wellington fez alguns questionamentos ao Secretário de Saúde sobre obras, serviços e medidas que, de fato, façam a diferença na vida das pessoas.

“Nós temos um mandato de rua! Ouvimos os maranhenses e as perguntas que eu trago aqui são deles. Inicialmente, a população quer saber: e as obras paradas? Quando o Hospital da Criança será entregue? E a maternidade da Cidade Operária? Até quando as pessoas continuarão padecendo ali na Cemarc? E nos corredores do Socorrão? São problemas antigos e a atual Gestão, já em seu segundo mandato, nada fez para resolver. Deixo aqui essas perguntas e aguardo um posicionamento. A população não quer propaganda, mas sim ação”, disse Wellington.

Ainda ao seu pronunciamento, o deputado Wellington mencionou projetos de sua autoria que já apresentou em defesa dos profissionais da saúde e destacou a destinação de mais de R$1 milhão que destinou à saúde pública do Maranhão.

“Infelizmente, como deputado estadual eu não posso resolver, não posso construir hospital ou manter. O que posso fazer é apresentar projetos e fiscalizar. É o que tenho feito! Em defesa dos profissionais da enfermagem, por exemplo, já apresentei o Projeto de Lei 17/2015, que dispõe sobre a jornada de 30h para a categoria. Em termos de recursos, destinei R$1.200.000.000,00 para a saúde pública. Cabe ao Governo do Estado fazer a liberação do valor. Estamos em defesa da saúde pública e nosso mandato é de cada um de vocês”, concluiu o deputado Wellington.

Deixe uma resposta