“Made in Maranhão”: A sobrevivência do grupo Sarney

Direto da redação

Góes e Sarney

Dentro de poucos dias, o Estado do Maranhão se tornará um dos maiores exportadores de “políticos” em busca de emprego.

Após a derrota de Lobão Filho (PMDB), candidato do grupo Sarney ao Governo do Maranhão, o atual senador pelo Amapá, José Sarney (PMDB) garantiu a sobrevida de seus familiares e afilhados políticos.

O seu candidato a governador no Estado do Amapá, Waldez Góes (PDT) garantiu sua eleição na noite desse domingo (26) contra o atual governador do Estado, Camilo Capiberibe (PSB). A vitória de Waldez é o prêmio de consolação ao senador peemedebista, que viu seu grupo político enfrentar uma derrota histórica no Maranhão.

Waldez Góes é um aluno aplicado de José Sarney. Em 2010, foi um dos 17 presos na Operação “Mãos Limpas” da Polícia Federal, que investigou desvio de dinheiro público no Estado.

A vitória de Waldez foi muito comemorada pelo senador José Sarney. Agora, especula que, atuais e ex-secretários do governo maranhense podem ter Macapá como destino, além de vários prestadores de serviço, que mantinham contratos no governo Roseana Sarney.

Esperamos que tenham passagens só de ida.

Deixe uma resposta