Rosângela Curado assume PDT e fortalece projeto do partido de candidatura própria à prefeitura

Rocha, Amorim, Curado e Dino

A ex-candidata a deputada federal Rosângela Curado foi anunciada no início desta semana e confirmada recentemente pelo deputado federal e presidente estadual da legenda Weverton Rocha (PDT) como a nova presidenta da sigla em Imperatriz.

O anúncio ocorreu durante visita do deputado federal reeleito para participar de um ato político do PT. No encontro com a ex-candidata, ele aproveitou para anunciar que o comando do partido em Imperatriz agora passa para as mãos de Rosângela Curado, derrotada na última eleição. Parafraseando a decisão, apontada pelos filiados como unilateral, usou a expressão popular: “Aqui é cada macaco no seu galho, e aqui em Imperatriz o galho é da companheira Rosângela”.

Ao ser confirmada no comando municipal do PDT, a ex-candidata disse que vai fazer o que os pedetistas imperatrizenses nunca teriam feito, enumerando estas omissões: “Falta de uma sede; onde esse partido se reúne até hoje não conheço; nem a ideia ideológica das pessoas que fazem parte do PDT, nós conhecemos pedetistas pontuais que estão mais de 10 anos no partido e não conseguiram dar uma identidade ao partido em Imperatriz, porque não tem sede nem as reuniões ordinárias o partido tem”.

Mandou um duro recado: “Os que entenderem, realmente, que quem está à frente do partido ou quem está no diretório nacional ou estadual do partido não confere com suas ideias, é livre para mudar de partido. Você não está se sentindo bem? É livre para mudar de partido ou até ficar sem partido”.

Faltando mais de três meses para o final do mandato do atual presidente, o deputado Carlinhos Amorim, o anúncio acabou gerando constrangimento ao parlamentar, que foi candidato a prefeito pelo partido em 2012, e surpresa aos militantes históricos do partido, que questionaram a decisão ter sido tomada mais uma vez verticalmente e de forma unilateral, repetindo a decisão da eleição anterior, quando lançou um candidato a prefeito sem acordo com a militância. Ao final, Rosângela acalmou a militância, convidando-a a conhecer a nova sede do partido, assim que ela estiver pronta.

Prefeito – A posse da ex-candidata no comando do PDT vai fortalecer seu projeto pessoal de ser eleita prefeita de Imperatriz. Agora, com o apoio do partido, o que não ocorreu na eleição passada, em que a maioria ficou contra o PDT lançar candidato próprio. Mais uma vez, o PDT vai encarar as urnas com candidato próprio, indicando claramente que os caminhos de Rosângela e Madeira serão mais uma vez opostos. (O Progresso)

Deixe uma resposta